CDH vai realizar diligência em Sergipe

Foto: Roberto Stuckert Filho

A Comissão de Direitos Humanos do Senado aprovou, na sessão deliberativa desta manhã, o Requerimento n⁰ 25/2022, do senador Humberto Costa (PT-PE), presidente do colegiado, para uma diligência a Sergipe.

Os integrantes da CDH vão ao estado para apurar as circunstâncias da morte de Genivaldo de Jesus Santos por policiais rodoviários federais, no último dia 25, na cidade de Umbaúba.

A diligência ocorrerá nos próximos dias 13 e 14 de junho. Na segunda-feira (13), os senadores irão às sedes da Polícia Federal, Ministério Público Federal, Ordem dos Advogados do Brasil e Polícia Rodoviária Federal no estado.

Na terça-feira (14), os parlamentares estarão em Umbaúba para encontrar a família de Genivaldo.

O senador Humberto é autor de um projeto de lei prevendo pensão permanente e provisória à mulher e ao filho menor de Genivaldo, respectivamente, no valor de um salário mínimo. A medida prevê, também, o pagamento de indenização à família no montante de R$ 1 milhão pelo Estado brasileiro.

Até agora, um terço dos senadores já subscreveram o pedido de urgência para votação do projeto pelo plenário. São necessários 54 apoiamentos (dois terços dos senadores).