Diante de graves denúncias, Moro pede afastamento do cargo de ministro

Atolado até os fios de cabelo em graves denúncias, Sergio Moro pediu afastamento do Ministério da Justiça “para tratar de assuntos particulares”. A medida foi publicada no Diário Oficial da União de hoje e vale por um período de cinco dias. O ideal, diante dos crimes e absurdos cometidos, seria nunca mais voltar ao cargo e ser investigado.