Pela 9 ª vez consecutiva, Humberto é um dos 100 parlamentares mais influentes do Congresso

No primeiro ano do segundo mandato como senador, o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), acumula, pela 9 ª vez consecutiva, o posto de um dos 100 parlamentares mais influentes do Congresso Nacional. O estudo “Cabeças do Congresso” divulgado, nessa quinta-feira (18), pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) chegou à sua 26ª edição mapeando as figuras de maior relevo do parlamento.

Na lista dos 100, 29 são senadores e 71 são deputados federais. Humberto é um dos membros do Senado Federal e um dos 16 parlamentares mais influentes do PT, o partido com o maior número de presentes no estudo. O líder é o único petista de Pernambuco, estado com 10 nomes no levantamento.

Humberto, que tem atuação destacada na área de seguridade, assistência social e saúde, sobressai como “debatedor”. Esse perfil congrega, segundo o próprio Diap, parlamentares ativos, atentos aos acontecimentos e, principalmente, com grande senso de  oportunidade e capacidade de repercutir, seja no plenário ou na imprensa, os fatos políticos gerados dentro ou fora do Congresso.

Nessa categoria, o senador petista é apontado, ainda, como um parlamentar que influencia o debate e é capaz de definir a agenda prioritária do Congresso. Em quatro anos como deputado federal (1995-1999) e concluindo o nono ano como senador (2011-2019), Humberto Costa já figurou 11 vezes na lista, nove das quais consecutivas como membro do Senado.

“Eu creio que é um reconhecimento ao nosso trabalho ativo no debate da pauta que interessa ao país. O nosso mandato é dirigido a acompanhar, monitorar, fiscalizar, debater, participar ativamente, influir e, sobretudo, transformar trabalho em realidade. É a forma que tenho de retribuir os votos com que venho sendo honrado pelos pernambucanos ao longo da minha vida pública. É um motivo de muito orgulho saber que o nosso trabalho tem sido visto, surtido resultado e, principalmente, reconhecido”, avaliou Humberto.