Reforma da Previdência coloca conta do ajuste fiscal nas costas dos mais pobres

A Reforma da Previdência foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça do Senado. Mas nós ainda podemos nos mobilizar para impedir que ela passe no plenário da Casa e condene milhões de brasileiros à miséria. Acompanhe o nosso bate-papo com o ex-ministro da Previdência Social Ricardo Berzoini.

Eles mentiram sobre a Reforma Trabalhista, que geraria milhões de empregos, e agora mentem sobre a Reforma da Previdência, que fará investimentos no país aumentarem.

Humberto Costa

Ele disse que a proposta encaminhada pelo governo Bolsonaro ao Congresso Nacional representa a demolição do sistema previdenciário brasileiro, principalmente por atingir quem mais precisa, que são os mais pobres, e justamente no momento em que mais precisam, quando estão mais velhos.

Ao invés de promover o combate à desigualdade social, como fizeram Lula e Dilma, o governo Bolsonaro faz uma proposta como o da Reforma da Previdência, que acentua a desigualdade ao retirar a renda do mais pobre.

Ricardo Berzoini